ELEMENTOS ESTRUTURANTES DA IMAGEM DE KEVIN LYNCH ANALISADOS NO BAIRRO COQUEIRO, MANHUAÇU-MG

Larah Andrade Eller, Luziane Oliveira dos Santos, Marília Jose Faria, Milena Karolina Alves de Souza Santos, Naiane Ramaldes de Souza, Nayara Aparecida Quintão Braga, Lidiane Espindula

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar os espaços e edificações representativos da Paisagem Urbana consolidados no bairro Coqueiro, Manhuaçu, Minas Gerais. Adotando a metodologia de Kevin Lynch (2006), este artigo apresenta análise dos elementos utilizados para estruturar a imagem da cidade, onde estes são agrupados em cinco elementos: caminhos, limites, bairros, pontos nodais e marcos. O estudo resulta das observações e percepções, desenvolvidas por meio de visitas in loco e análises de dados fornecidos pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e pela Prefeitura Municipal de Manhuaçu, visando identificar ao longo da Avenida Getúlio Vargas e seu entorno, os aspectos que proporcionam legibilidade ao bairro, concluindo que a imagem da cidade se constrói sobre a soma das partes constituídas de diferentes espaços, formando uma totalidade, representando o imaginário vigente em cada momento histórico desta construção.

Texto completo:

PDF

Referências


Instituto Brasileiro De Geografia e Estatísticas. Dados do Censo de 2014. Disponível em: . Acesso em: 22/02/2017.

LYNCH, K. A imagem da cidade. São Paulo: Editora Martins Fontes, 2006.

MANHUAÇU, Prefeitura Municipal. Localização de Manhuaçu. Comunicação Portal Fácil. Manhuaçu, 12 de Nov. de 2012. Disponível em: . Acesso em: 29/04/2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.