ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM PARA PRÁTICA SEGURA NA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS

Murilo Cortez Bastos, Rafaela Xisto Arantes, Caio Alexsander, Laís Rogéria Guimarães, Thiara Guimarães Heleno de Oliveira Pôncio, Daniela Schimitz de Carvalho

Resumo


Os erros de administração de medicamentos tem sido um assunto de grande discussão devido ao número elevado de registros. Segundo Rodriguez et al., (2017), “No Brasil, altas taxas de erros foram registradas (63,3%) se comparadas a outros países, concentrando-se nos itens de preparo e administração de medicamentos”. Em vista de tantos erros a Organização Mundial de Saúde (OMS) desenvolveu mecanismos para garantir a redução de erros, no qual o Ministério da Saúde do Brasil aprovou e estabeleceu seis protocolos fundamentais para a segurança do paciente, sendo um deles o protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos (SOUZA, et al., 2017). A enfermagem dentro da teoria do queijo suíço é a última barreira para que erros na administração de medicamentos sejam evitados, sendo a equipe de enfermagem responsável pelo preparo e administração de medicamentos prescritos a determinados pacientes. O objetivo do estudo foi demonstrar a importância das práticas seguras na administração de medicamentos pela equipe de enfermagem evitando erros e criando uma assistência segura ao paciente.


Texto completo:

PDF

Referências


DE SOUZA, T. L. V; MOTA, R. O; BRITO, E. A. W. S; FARIAS, L. M. V. C; MATIAS, E. O; LIMA, F. E. T. Segurança do paciente na administração de medicamento intramuscular em pediatria: avaliação da prática de enfermagem. Rev Gaúcha Enferm; 2017. Disponível em: Acesso em 30 abr 2019

LLAPA-RODRIGUEZ, E. O; SILVA, L. S. L; MENEZES, M. O; DE OLIVEIRA, J. K. A; CURRIE, L. M. Assistência segura ao paciente no preparo e administração de medicamentos. Rev Gaúcha Enferm; 2017. Disponível em: Acesso em 30 abr 2019

OLIVEIRA, R. M; LEITÃO, I. M. S; SILVA, L. M. S; FIGUEIREDO, S. V; SAMPAIO, R. L; GONDIM, M. M. Estratégias para promover segurança do paciente: da identificação dos riscos às práticas baseadas em evidências. Esc Anna Nery, 2014. Disponível em: Acesso em 30 abr 2019

RIBEIRO, G. R. S; SILVA, R. C; FERREIRA, M. A; SILVA, G. R. Deslizes, lapsos e enganos no uso de equipamentos por enfermeiros na Unidade de Terapia Intensiva. Rev. esc. enferm. USP vol.50 nº3 São Paulo, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.