CÂNCER DE ESTÔMAGO ENTRE HOMENS E MULHERES

Maria Rosa Pim Moreno, Hellen Daianny de Freitas Serpa, Cyntia Dias Donato, Maikon Vinícius Emerick, Daniela Schimitz de Carvalho, Ríudo de Paiva Ferreira

Resumo


Sabe-se que o câncer de estômago é decorrente do surgimento de alterações da mucosa gástrica, caracterizado por um crescimento desordenado de células. É umas das principais doenças do sistema gastrointestinal que causa um número grande de casos de morbi-mortalidade no Brasil.(INCA,2018) A incidência de casos de CE é relacionada a alguns fatores, entre eles, aqueles predominantes em dietas, como sal, ao tabagismo e a alimentos considerados desencadeadores da doença, como carnes curadas, peixes secos e defumados, entre outros. Aumentando a capacidade de adquirirem a patologia. (BRITTO,97) É relevante a educação em saúde dos indivíduos devido à relação de casos de câncer ao estilo de vida predominante na população. O estudo compreende a relação entre casos de câncer de estômago por faixa etária, relatando o índice desses acontecimentos na população em determinado período.


Texto completo:

PDF

Referências


BRITTO, Anna Valéria de. Câncer de estômago: fatores de risco. Cadernos de Saúde Pública, v. 13, p. S7-S13, 1997.

FACINA, Taís. Estimativa 2014–incidência de câncer no brasil. Rev Bras Cancerol, v. 60, n. 1, p. 63-64, 2014.

Ministério da Saúde, Instituto Nacional de Câncer. Estimativa 2018, Brasil, 2017. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//estimativa-incidencia-de-cancer-no-brasil-2018.pdf

CAMPELO, Jefferson Clerke Lopes; LIMA, Lucas Chaves. Perfil clinicoepidemiológico do câncer gástrico precoce em um hospital de referência em Teresina, Piauí. Rev. bras. cancerol, p. 15-20, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.